SONDA ‘JUNO’ CHEGA A JÚPITER APÓS CINCO ANOS DE VIAGEM

NAVE NÃO TRIPULADA DA NASA JÁ ORBITA O MAIOR PLANETA DO SISTEMA SOLAR


Otros
Cinco anos depois de ser lançada, a sonda Juno, da NASA, a nave impulsionada por energia solar que mais longe viajou no espaço até hoje, chegou na madrugada dessa terça-feira, 08, à órbita de Júpiter, o maior planeta do nosso Sistema Solar, no qual dará 37 voltas antes de se chocar com sua superfície.
Imagem ilustrativa de Juno perto de Júpiter
(Fonte: NASA)
Juno, lançada em 5 de agosto de 2011, incorporou-se à órbita do planeta por volta de 0h54 dessa terça, 08, (horário de Brasília), conforme estava previsto, informou a agência espacial norte-americana.
A nave, não tripulada e do tamanho de uma quadra de basquete, é a primeira criada para operar no meio dos cinturões de radiação de Júpiter, a primeira a chegar a apenas 2.575 quilômetros das suas nuvens superiores, e a que captará as imagens com maior resolução já vistas do planeta gigante.
“Estamos lá. Estamos em órbita. Conquistamos Júpiter”, disse Scott Bolton, pesquisador-chefe da NASA no Instituto de Pesquisas do Sudoeste, em San Antonio, Texas. “Como funciona este universo maravilhoso e como ele começou? Esta é uma das coisas mais alucinantes de trabalhar na NASA, ter a resposta para estas perguntas”, disse Steven Levin, também pesquisador da agência.
A Juno, alimentada por painéis solares, orbitará a 5.000 quilômetros da superfície do Júpiter, um décimo da menor distância já alcançada pelas nove sondas que visitaram os arredores do planeta anteriormente.
O uso da energia solar é raro em missões que vão além do cinturão de asteroides que existe entre Marte e Júpiter. Até agora, todos os aparelhos que visitaram o planeta gigante usavam o plutônio-238 como combustível, mas a escassez desse elemento radioativo, as preocupações com a segurança e os avanços tecnológicos levaram a NASA a optar pela energia solar.
O conhecimento que a Juno colher durante os próximos 20 meses não servirá apenas para entender o nosso entorno planetário mais próximo. Grande parte dos planetas extrassolares já descobertos são gigantes gasosos como Júpiter, e o que se aprender com esta missão servirá para interpretar melhor os mundos fora do Sistema Solar. Além disso, como sempre ocorre com as missões de exploração, os dados da sonda proporcionarão surpresas que modificarão a imagem que temos do rei dos planetas.
Um planeta estrela
Júpiter não é uma estrela, mas quase. Durante a etapa de formação do Sistema Solar, há pouco menos de 5 bilhões de anos, agiu como uma espécie de irmão egoísta, devorando os restos de gás e poeira deixados pela formação do Sol. Assim, se transformou num planeta gigantesco, feito de hidrogênio e hélio, como as estrelas. (Fonte: http://brasil.elpais.com/brasil/2016/07/05/ciencia/1467691642_636023.html

SONDA ‘JUNO’ CHEGA A JÚPITER APÓS CINCO ANOS DE VIAGEM SONDA ‘JUNO’ CHEGA A JÚPITER APÓS CINCO ANOS DE VIAGEM Reviewed by Juno Brasil on 05:33:00 Rating: 5

Nenhum comentário

tempo em canaã dos carajás