VIOLÊNCIA DESENFREADA! DE QUEM É A CULPA?

Tintim por Tintim
Por Juno Brasil
Assaltante invade comércio em plena luz do dia 
Não somente em Parauapebas (Pa), mas em todo o estado paraense. E acredito que, em todas as cidades brasileiras, a violência e segurança pública estão demasiadamente desenfreadas.
Isso não se dá somente pelo estado de crise econômica e política que o país está passando. Todavia, por falta de políticas públicas responsáveis e comprometidas, em se fazer valer a Constituição Brasileira, onde decreta que: Educação, Saúde, Segurança e Lazer são direitos fundamentais do brasileiro. E que o lar é inviolável.
Mas como, se tanto a Educação, a Saúde e a Segurança são sistemas que estão falidos, fracassados e descontrolados.
Assaltante ameaça pedestre para entregar o celular
A violência chegou ao cume do absurdo, do criminoso entrar em seu lar e tirar a sua vida a qualquer instante, por míseros valores materiais. Na rua matam por causa de um aparelho celular, para trocar por uma perversa e funesta droga qualquer.
O que podemos fazer? Eu acredito que, não como solução imediata, mas seguindo um caminho melhor, podemos fazer algo sim.
Devemos nos politizar e entender que tudo isso é culpa nossa, a começar pela falta de politização, ou seja, traduzindo o significado dessa palavra, que pode nos soar estranha, falta de conscientização de caráter político, procurar valorizar o que temos de mais poderoso, para lutar contra a corrupção política, o nosso ‘voto’.
Devemos nos conscientizar da tamanha responsabilidade que é escolher uma pessoa para nos representar, seja nos poderes Legislativo ou Executivo.
Temos que nos politizar, ou seja, nos educarmos politicamente, procurando conhecer a vida passada e atual do candidato e por mais que seja de nossa família ou intimidade, se não tiver bom caráter, não podemos dar nosso voto a ele.

Outra questão é a de conscientizarmos as pessoas, carentes de tudo, menos esclarecidas e necessitadas, que as condições em que elas vivem são justamente por corromperem os candidatos, em troca de migalhas ou soluções imediatas para seus problemas pessoais. É sério! Essa é a mais pura verdade! Somos nós que iniciamos o processo de corrupção, oferecendo aos candidatos os nossos votos em troca de vantagens. Somente nos politizando e valorizando o nosso ‘voto’, na dimensão do valor que ele merece ser reconhecido, por cada cidadão, aí sim, poderemos caminhar para um futuro melhor! E quem sabe realmente podermos exercer nossa cidadania em sua plenitude, o que hoje não passa de utopia, pois que direitos temos nesse país!

VIOLÊNCIA DESENFREADA! DE QUEM É A CULPA? VIOLÊNCIA DESENFREADA! DE QUEM É A CULPA? Reviewed by Juno Brasil on 16:21:00 Rating: 5

Nenhum comentário

tempo em canaã dos carajás