Sessão solene da CMP é marcada por preocupação com o desemprego e fome que assolam Parauapebas

Por Juno Brasil - Com a plenária lotada, a Câmara Municipal de Parauapebas-CMP iniciou o ano legislativo de 2017, com sessão solene realizada na última quarta-feira, 15, onde poderes Executivo e Legislativo enfocaram seus pronunciamentos, com o compromisso de buscar alternativas para novas matrizes econômicas, como forma de geração de emprego e renda ao município de Parauapebas.
O prefeito Darci Lermen fez parte da mesa da sessão solene 

Centenas de pessoas lotaram a plenária da CMP
O evento realizado pelos parlamentares do município, contou com a presença de centenas de pessoas, entre populares, autoridades e veículos de comunicação local.
O prefeito Darci Lermen (PMDB), sua esposa Viviane Lermen, secretários municipais e assessores marcaram presença na solenidade.
A sessão foi aberta com o hino nacional e a leitura da palavra da bíblia. Em seguida o presidente da CMP passou a palavra ao prefeito Darci, que iniciou os pronunciamentos e relatou que nesses primeiros dias de trabalho da administração pública, o maior desafio encontrado é o de buscar soluções para o desemprego e a fome que assolam o município.
Darci aponta alternativas para novas matrizes econômicas
Segundo Lermen somente nesse início de mandato, mais de 10 mil pessoas procuraram o poder Executivo solicitando emprego e outros apenas um pacote de arroz, pois nada tem em casa para comer.
Diante dessa situação o gestor municipal apontou que em poucos dias de administração realizou vários trabalhos em prol de geração de emprego e renda ao município, como o convênio de R$70 milhões, do Governo Federal, com contrapartida do Municipal, de mais R$70 mi, perfazendo um total de R$140 mi, para o projeto de macrodrenagem, que deva gerar cerca de 3 mil empregos diretos.
Lermen salientou também, que está em demanda a construção de 4.500 casas populares, que vão abrigar famílias carentes e gerar também emprego e renda, mas apontou que é necessário a criação de novas matrizes econômicas para Parauapebas, de maneira a se desvincular da atividade de exploração mineral e da dependência econômica da Vale, com projetos para a educação, saúde, agricultura familiar e fomentar a economia do município, com novas perspectivas de geração de emprego e renda, em conjunto com o poder legislativo e que para isso escolheu como líder do governo na Câmara Municipal, o vereador José Coutinho (PMDB).
Vereador Braz iniciou a fala dos parlamentares com o discurso de harmonia entre os poderes Executivo e legislativo em prol da população de Parauapebas
Concluída a fala do prefeito Darci, o presidente da CMP, Elias Ferreira, passou a palavra ao vereador Ivanaldo Braz (PSDB), que agradeceu a todos e assegurou ao prefeito que ele e seus colegas estão todos coesos para contribuir em prol de projetos que venham beneficiar a população parauapebense.
Horácio se intitulou vereador da Agricultura e se prontificou a atuar em projetos para a agricultura familiar 
O vereador Horácio Martins (PSD) ressaltou que é o vereador da agricultura e está pronto e feliz em apoiar projetos que alavanquem a agricultura familiar de Parauapebas, inclusive sugeriu a criação de um Fundo Municipal da Agricultura, para fomentar essa atividade, pois quando secretário de Agricultura percebeu que os contratos e convênios demoram muito devido a burocratização e sempre liberam os recursos com atraso, prejudicando as atividades agrícolas no município.
Joel Pedro aponta que há mais de 50 mil desempregados em Parauapebas se fazendo necessário novas matrizes econômicas
O parlamentar municipal Joel Pedro (DEM) reforçou que em Parauapebas hoje tem mais de 50 mil desempregados e muitas famílias passando necessidades básicas, o que lhe causa muita preocupação e, portanto, está firme em trabalhar projetos que beneficiem a geração de emprego e renda à comunidade.
A vereadora Joelma ressaltou que o minério de Parauapebas está se esgotando e é de urgência criar novas alternativas
Joelma Leite (PSD) também levantou a bandeira de soluções para o desemprego, relembrando que o município não funciona mais como antes, pois o minério está se esgotando, o que contribui para os impactos sociais, sendo esse um dos grandes desafios para o futuro de Parauapebas. A vereadora sugeriu como uma medida paliativa, o programa de Bolsa-emprego, que já funcionou com sucesso beneficiando mais 2 mil famílias, enquanto trabalham projetos de Educação e Saúde, enquanto polo turístico, como forma de novas matrizes econômicas.
Kelen Adriana apenas agradeceu a Deus e ao povo
Kelen Adriana (PTB) destacou que o momento é de agradecer a Deus e a todos por fazer parte desta luta pelo desenvolvimento de Parauapebas.
Vereadora Eliene relembrou as dificuldades de seu mandato anterior com uma oposição aos desmandos administrativos e se disse confiante nesse governo com o prefeito das oportunidades
A vereadora Eliene Soares (PMDB) também agradeceu a Deus e aos seus eleitores por ter lhe confiado mais um mandato, relembrando que no seu primeiro mandato teve momentos muito difíceis, pois atuou firme com a proposta de uma oposição propositiva, mas Deus lhe deu a vitória e conseguiu vencer esse combate, o que a tornou mais forte experiente, para nesse mandato poder contribuir mais com a população de Parauapebas, a qual pertence o seu mandato.
Eliene Soares finalizou agradecendo a Deus e a todos, pela felicidade de hoje ter como prefeito, Darci Lermen, que é do seu partido e que acredita ser Darci, o prefeito de oportunidades para o povo parauapebense.
Castilho reforçou que solucionar as questões do desemprego e da fome são os maiores desafios desse mandato 
Luiz Castilho (PROS) relatou que em seus 45 dias de posse, embora estivessem em recesso, em seu gabinete, passaram mais de mil pessoas, em busca de emprego, portanto também confia que a prioridade do município seja de criar novas matrizes para geração de emprego e renda ao município parauapebense.
Zacarias Marques promete ser coeso com os projetos de combate à fome e ao desemprego em Parauapebas
O vereador Zacarias Marques (PSDB) cumprimentou a todos salientando que ao fim de cada eleição se desmontam os palanques, os poderes se renovam e sofrem suas alterações, mas a cidade continua com seus problemas sociais e precisam buscar soluções para essas questões.
Zacarias Marques completou que: “Pretendo fazer do meu mandato uma caixa de ressonância do povo, Eu não sou vereador de gabinete, mas de ir até o povo e por onde tenho andando escuto o clamor do povo por uma vaga de emprego, portanto precisamos sim urgentemente de trabalhar unidos em projetos de geração de emprego e renda para Parauapebas”, exclama o parlamentar, e finaliza parabenizando a escolha do vereador Coutinho, como líder do Governo na CMP.
Coutinho é escolhido líder do Governo na CMP e promete atuar na harmonia entre os dois poderes em prol da população
José Coutinho agradeceu a todos em especial ao prefeito Darci por tê-lo escolhido como líder do Governo no Legislativo “Me sinto muito honrado e grato por esta confiança que me foi depositada e pode ter certeza que vamos trabalhar bastante para manter uma harmonia entre os poderes Legislativo e Executivo e juntos defender grandes projetos que beneficiem o nosso povo”, ressaltou Coutinho, acrescentando que independente de partido ‘A’ ou ‘B’, mas que todos se tornem legendas em prol do progresso de Parauapebas, pois o discurso da oportunidade não pode ficar apenas em palavras, mas que se torne uma realidade, através da criação de novas matrizes econômicas de geração e renda à população parauapebense.
Presidente da CMP Elias encerrou os trabalhos da sessão com agradecimentos e o convite para a próxima sessão
Após as falas de todos os vereadores, o presidente da Casa de Leis, encerrou a sessão solene, agradecendo a presença de todos e os convidando para a próxima sessão, na terça-feira, 21, às 16 horas da tarde.
Sessão solene da CMP é marcada por preocupação com o desemprego e fome que assolam Parauapebas Sessão solene da CMP é marcada por preocupação com o desemprego e fome que assolam Parauapebas Reviewed by Revista Acadêmica on 08:42:00 Rating: 5

Nenhum comentário

tempo em canaã dos carajás